HISTÓRIA

O Conservatório Brasileiro de Dança foi inaugurado em janeiro de 2007 por Jorge Texeira, com a idealização de um espaço exclusivo para o aprendizado e o aperfeiçoamento de diferentes técnicas, tendo se tornado rapidamente uma das maiores referências nacionais no ensino da dança e na formação profissional. Em janeiro de 2012, Jorge Texeira resolveu dicar-se exclusivamente à Cia Brasileira de Ballet, companhia profissional de dança e escolheu Vivian Marinho para dirigir a escola com a mesma filosofia e tradição já adotados desde a criação do Conservatório no ensino da dança. Com quase 100 bailarinos formados e em grandes companhias profissionais no Brasil e no exterior, é reconhecido em todos esses anos por seu trabalho dedicado e rigoroso na formação artística e tem continuamente conquistado diversos prêmios em festivais nacionais no Rio de Janeiro, São Paulo, Goiânia, entre outros e sendo considerada a “Melhor Escola de Dança” por dois anos consecutivos no Maior Festival de Dança do Mundo – “O Festival de Dança de Joinville”, além dos diversos prêmios reconhecidos internacionalmente dentre eles: o Prêmio Excelência e o Prêmio de Melhor Instituição de Ensino no Festival Danzamérica 2016, em Córdoba. O CBD é um projeto artístico, didático e social eficaz, que propicia o desenvolvimento de seus alunos e revela diversas estrelas proporcionando aos seus bailarinos uma formação profissional adequada aos padrões internacionais.